colunas

Patagônia: uma jóia do Ecoturismo

São cerca de 800 mil quilômetros quadrados de território rico em belezas naturais pouco exploradas, de atmosfera inóspita e misteriosa

por Ana Wanke

01/12/2021
Créditos: Acervo Pessoal

A Patagônia é uma jóia localizada no sul da América do Sul, que abrange quase um terço dos territórios do Chile e da Argentina.


Existem diferentes versões para a origem do nome Patagônia, a mais difundida é a atribuída a Fernão de Magalhães, grande navegador português que deu a primeira volta ao mundo na sua nau Capitânia.


Conta a lenda que na tentativa de descobrir novas rotas, os corajosos navegadores de Fernão entram num estreito de penhascos incrivelmente altos, com o mar cheio de ondas violentas. Nos penhascos viam-se nichos em que fogueiras tremulavam ao sopro dos ventos, acesas pelos indígenas. Daí a origem do nome Terra do Fogo (Região do Ushuaia).


Os nativos daquelas regiões inóspitas eram hábeis cavaleiros e caçavam guanacos e nhandus e tinham uma característica muito peculiar que surpreendeu Fernão de Magalhães: muito altos, esguios e seus pés eram enormes. Daí o nome dado pelos espanhóis de "patagones", ou pés grandes. Estava instituída a origem do nome daquela terra, que também perdura até hoje: Patagônia.


São cerca de 800 mil quilômetros quadrados de território rico em belezas naturais pouco exploradas, de atmosfera inóspita e misteriosa. Devido à sua enorme extensão, muitas pessoas ficam em dúvida sobre "onde começa e onde termina a Patagônia".


A divisão mais popular da Patagônia baseia-se em considerações principalmente ecológicas e a divide em:


Patagônia Andina: é a porção oeste, que coincide com áreas da Cordilheira dos Andes. Região predominantemente montanhosa, repleta de lagos naturais, geleiras e florestas. Principais destinos turísticos: San Martín de los Andes, Villa La Angostura e Bariloche.


Patagônia Atlântica: é a porção leste, voltada para o Oceano Atlântico. Paisagem árida e desértica, com alguns arbustos. Seu principal atrativo turístico é a observação da fauna marinha. Principais destinos turísticos: Puerto Madryn e Península Valdés.


Patagônia Austral: "Austral" significa nada mais do que "Sul", da mesma forma que "Boreal" significa "Norte". Ela abrange na Argentina o sul da Província de Santa Cruz (onde está El Calafate, El Chaltén e o Parque Nacional Los Glaciares), a Província da Terra do Fogo (onde está Ushuaia) e a região do Chile onde está Puerto Natales, Punta Arenas e o Parque Nacional Torres del Paine.


Para quem quiser experimentar um pouco mais do gostinho deste incrível território caminhando, recomendo uma parte lindíssima da Patagônia Austral Argentina conhecida como "o paraíso dos trekkers", El Chalten.


* Ana Wanke é curitibana, engenheira e trabalhou por 20 anos no setor elétrico com projeto de Usinas Hidrelétricas. Em 2012 resolveu realizar um projeto que já vinha elaborando há muito tempo: dar oportunidade a mais pessoas de conectarem-se com a natureza, de maneira mais intensa e em roteiros personalizados. Trocou a carreira de engenheira pela carreira de guia e fundou a empresa Ana Wanke Turismo e Aventura. Especializou-se em caminhadas e no Caminho de Santiago, pelo qual recebeu a honraria de Dama da Ordem do Camino de Santiago em setembro de 2019.


Leia mais colunas de Ana Wanke clicando aqui.


Conheça também os demais colunistas do portal Saúde Debate. Acesse aqui.

leia também