colunas

Dia do Fonoaudiólogo

Confira o artigo do presidente do Crefono3, Celso Santos Junior, sobre a data, celebrada em 9 de dezembro

por Crefono3

07/12/2020
Créditos: Divulgação

Desde o último mês de março, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a pandemia da Covid-19, vivemos uma situação de gravidade atípica, que vem gerando reflexos ainda imensuráveis seja social, econômico, assistência médica, saúde mental e, naturalmente, assim como no ordenamento político-jurídico como um todo, de forma a desafiar as autoridades administrativas e a população a adotarem medidas inéditas de superação.


Situações drásticas e incomuns, como a calamidade gerada pela Covid-19, exigiram do poder público providências excepcionais. Com isso, não se quer dizer que as medidas clássicas de controle e provimento administrativo não seriam utilizadas, mas que o panorama ímpar já vinha demonstrado em outros países que essas providências seriam insuficientes para controlar o impacto da pandemia nas relações entre administração e administrados e, entre particulares.


Diante desse cenário de emergência mundial, o poder público promulgou medidas preventivas e repressivas, excepcionais e definitivas, de controle e provimento, para as quais as ferramentas já existentes na administração em saúde pública se mostram incongruentes, ficando a cargo dos prefeitos e governadores definirem e determinar medidas para o enfrentamento ao coronavírus, acarretando assim, uma enxurrada de decretos e portarias.


Para podermos atender a estas inúmeras demandas o CREFONO3 criou o Gabinete de Crise da Covid-19, composta por conselheiros do Conselho e representantes de entidades ligadas ao setor, com o objetivo de reunir em um mesmo local as medidas adotadas pelo Gabinete voltadas ao atendimento fonoaudiológico adequado como, por exemplo, a sequência de paramentação e desparamentação para o atendimento de pacientes suspeitos ou confirmados de Covid-19, visando proteger tanto os usuários quanto ao profissional, que buscam a segurança e a qualidade na assistência.


O Gabinete também orienta a população para que mantenham o isolamento social. Campanhas educativas de higiene e para o uso correto de máscaras também foram realizadas. As medidas de isolamento social são avaliadas constantemente e precisamos seguir as orientações das autoridades sanitárias, pois, se tais medidas forem suspensas antes do momento adequado, isto é, antes de a epidemia deixar de ser autossustentada, teremos constantemente o crescimento dos casos de infecção.


Contudo, podemos concluir que desde o início da pandemia estamos passando por vários momentos de dúvidas, e é notório que precisamos conhecer mais para temer menos e esperamos que esta experiência que possa influenciar futuras políticas públicas de saúde, para estarmos cada vez mais preparados diante de possíveis outras situações que venhamos a enfrentar.


Este 9 de dezembro - Dia do Fonoaudiólogo - está sendo diferente de todos os outros em que já comemoramos em nossa profissão. 2020 está sendo um ano desafiador em todos os sentidos e para todas as pessoas, e ainda maior para os profissionais da saúde, que estão na linha de frente, diariamente, lutando por vidas.


Nesta data em que celebramos o dia de nossa profissão, o CREFONO3, que representa os estados do Paraná e Santa Catarina, parabeniza todos os nossos fonoaudiólogos por fazerem a diferença na vida das pessoas. Vocês são essenciais para que a saúde e a boa comunicação possam fluir em meio a nossa sociedade. Obrigado a todos!


Presidente do Crefono3, Celso Santos Junior


Leia outras colunas do Crefono 3 clicando aqui.


leia também